sábado, 5 de julho de 2008

Marcel Duchamp e o ready-made.


Chegou por essa manhã em minha casa a edição da revista Bravo de Julho que na matéria de capa trazia "Marcel Duchamp - O HOMEM QUE REINVENTOU A RODA", até aí tudo bem, mas ao me aprofundar na matéria descobri um gênio visionário, que antes considerado no seu tempo como mais um louco querendo expressar-se sem nenhum tipo de credibilidade.
Um artista a frente de seu tempo que mudou o conceito da arte que hoje conhecemos, "Uma obra só é completa quando a ela é somada a interpretação do outro - o espectador.
Fiquei deslumbrado ao entender o ready-made, quando trouxe para a cena artística uma roda de bicicleta em cima de um banco, querendo ele que todos admirassem os contornos daquele objeto, mas isso na maioria das vezes nem sempre foi possível, exemplo disso foi a negação por parte dos promotores da exposição Art Exhibition nos Estados Unidos em 1917, que não compreenderam sua forma de arte, ao trazer um urinol como uma manifestação de seus ideais artísticos.
Enfim todo ideal deve ser disseminado, se por hoje não foram, ventos novos se encarregaram de levá-los, no caso de Duchamp seu próprio talento o fez.
Conheça-o!
Obs: Queria ser um pouco Duchamp.

Um comentário:

Celina disse...

Essa maré é mesmo muito cult! Um urinol resolve muitos problemas da vida, rs! Abraço!